Pecados e virtudes II

 

Continuação do post anterior.

 

Livres dos Fardos Religiosos

 

Vamos continuar falando sobre pecados e virtudes.

 

Nossas necessidades. Para seguirmos a estrada da vida, todos nós temos necessidades, que são coisas que não podemos dispensar ou coisas que são essenciais neste mundo. São elas: necessidades mentais, fisiológicas, ambientais, tecnológicas, sociais, comerciais, recreativas, sexuais e conjugais e, acima de tudo, religiosas.  Essas necessidades geram desejos. E os desejos nos fazem agir.

 

 

image

Descrição: Mente. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.   

 

Necessidades mentais. Temos uma mente, onde surgem as nossas ideias, onde depositamos os nossos conhecimentos e as nossas lembranças. Nela brotam os nossos sentimentos, os nossos desejos e as nossas ações. Ela é uma espécie de disco, onde guardamos os resultados de tudo o que fazemos. Precisamos dela, pois tudo começa e termina nela.

 

 

image

Descrição: Refeição. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.   

 

Necessidades fisiológicas. Temos um corpo para nos colocar em contato com o mundo material. Ele é o nosso veículo durante dezenas de anos. Com ele, podemos nos mover, manejar objetos, sentir odores, ver coisas, ouvir e emitir sons, saborear alimentos, realizar nossos desejos e outras coisas mais. Para se manter vivo, saudável, seguro e em perfeito funcionamento, o nosso corpo precisa de alimentos com todos os nutrientes necessários, precisa de abrigos para se proteger do frio, do sol, da chuva e de certos animais. Também necessita de vestuários, calçados, de cuidados com a saúde, medicamentos e produtos de higiene e limpeza, além de equipamentos de segurança.

 

 

image

Descrição: Meio ambiente. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.  

Necessidades ambientais. Meio ambiente é o conjunto de elementos sem vida (solo, água, ar e energia solar) e com vida (organismos vivos) que formam a biosfera terrestre –– uma fina camada do nosso planeta, onde a vida é possível. [1]Todos nós ocupamos um espaço na biosfera do nosso planeta e dela dependemos para sobrevivermos. Tudo o que temos de material vem da natureza. Ela é a nossa fonte de provisão. Nela temos a água, o oxigênio, a energia, os alimentos, as plantas, os animais e tantas coisas mais que muitos nem imaginam. Sem os recursos naturais existentes no nosso planeta, não existiriam vida por todos os lados. Nenhum ser da Terra pode sobreviver sem os recursos ambientais.

 

 

image

Descrição: Casa. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.  

 

Necessidades tecnológicas. Na natureza, muitas coisas precisam ser transformadas para que possam ser utilizadas. Temos necessidade de recursos tecnológicos para melhorar a nossa vida de acordo com as diversas circunstâncias. Precisamos de princípios científicos, métodos, instrumentos e processos para o desempenho de atividades diversas. Precisamos saber, por exemplo, como construir uma casa para nos servir de abrigo, quais as ferramentas necessárias e quais os materiais podemos usar na sua construção e como eles podem ser usados, e assim por diante. Os animais usam os recursos naturais instintivamente. Mas nós precisamos realizar diversas transformações através da tecnologia. Nenhum ser humano pode viver sem tecnologia, mesmo que seja a mais rudimentar possível, como o machado de pedra dos tempos pré-históricos.

 

 

image

Descrição: Silhuetas de pessoas. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.  

 

Necessidades sociais. Não podemos fazer tudo sem a ajuda dos outros. Precisamos uns dos outros. Direta ou indiretamente, sempre estamos nos relacionando com outras pessoas nas diversas áreas da vida. Não importa a distância, a idade, os traços físicos, os comportamentos, a classe social, a etnia, a religião, a ideologia, o grau de escolaridade, o sexo ou o estado civil: todos nós dependemos uns dos outros. A nossa forma de pensar, o nosso alimento, as roupas, a educação, o trabalho, o comércio, as diversões, a vida conjugal e sexual, a religião, tudo isso depende da participação de diversas pessoas. Necessitamos da colaboração das pessoas conhecidas e até das desconhecidas.

 

 

image

Data: Cédulas. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

 

Necessidades comerciais. Temos coisas demais e coisas de menos e necessitamos trocar, comprar e vender produtos e serviços para que possamos ser mais completos. Nas diversas áreas da vida, temos necessidades de um monte de coisas. Não podemos produzir tudo que precisamos. Por isso, sempre procuramos coisas que foram produzidas por pessoas que, muitas vezes, nem sequer conhecemos. Por causa disso, o comércio sempre fez parte da história da humanidade. Todos os dias, são produzidos, transportados e comercializados um monte de produtos para atender as necessidades de bilhões de pessoas em todo o mundo. Para uma pessoa viver sozinha, sem nenhuma atividade comercial, ela teria que viver privada de um monte de coisas necessárias.

 

 

image

Descrição: Diversão. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

 

Necessidades recreativas. Não podemos viver o tempo todo apenas estudando e trabalhando. Necessitamos de diversão para podermos relaxar, apagar as nossas preocupações, descansar, evitar problemas físicos e mentais e estimular o relacionamento social. Pelo mundo afora, temos diversões de todos os tipos: esporte, turismo, artes, brinquedos, programas de rádio e televisão e muito, muito mais coisas. Cada dia que passa, aparece um novo tipo de diversão. Ninguém vive sem se divertir. Diversão não é coisa apenas de criança. Todos nós precisamos de atividades recreativas. Aquele que procura apenas trabalhar e estudar o tempo todo sentirá, mais cedo ou mais tarde, as consequências da falta de diversão.

 

 

image

Descrição: Casamento. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

 

Necessidades sexuais e conjugais. A raça humana não pode acabar. Dependemos dos relacionamentos sexuais e da vida conjugal para manter a espécie humana neste planeta. Muitas pessoas, por causa de suas crenças filosofias e religiosas, acabam se abstendo da vida conjugal e sexual. Procuram viver o tempo todo fugindo de atender essas necessidades, achando que sexo e casamento são coisas que possam prejudicar a sua vida espiritual. Imaginam que são mais santas apenas porque se privam de suas necessidades sexuais e conjugais. Apesar de todo esforço e das diversas crenças existentes, ninguém pode negar que tem ou teve essas necessidades. Todos querem ter alguém ao seu lado. É algo natural.

 

 

image

Descrição: Necessidades religiosas. Data: julho/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

 

Necessidades religiosas. Todos nós sentimos necessidade da proteção de algo que seja muito mais poderoso, que tenha todas as respostas, todas as soluções, que possa dar toda segurança, que nos sirva de apoio, que nos dê esperança... Qualquer ser humano, até mesmo aquele que é superpoderoso, sabe que suas forças são limitadas e que precisa de algum poder superior.

 

 

image

Descrição: Nossos desejos. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

 

Nossos desejos. Em primeiro lugar, as nossas necessidades básicas criam, em nossas mentes, diversos desejos, que são a vontade de ter ou fazer certas coisas. Eles são naturais e estão sempre presentes em nossos pensamentos. Se não tivéssemos desejos, não poderíamos ir atrás daquilo que precisamos. Desejamos coisas relacionadas com as nossas diversas necessidades. Mas é claro que nem tudo que desejamos é realmente necessário, todavia, tudo está relacionado a uma ou a outra das nossas necessidades básicas. Nossos desejos são as sementes que podem gerar diversas ações boas ou más. Tudo que fazemos começa com uma simples vontade que se acende dentro da nossa mente.

 

 

image

Descrição: Nossas ações. Data: agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

 

Nossas ações. Em segundo lugar, para satisfazer as nossas necessidades e os nossos desejos, agimos de alguma forma. Temos cérebro para pensar, mãos e pés para movimentar, olhos para ver, ouvidos para ouvir, boca para falar e comer e órgãos genitais para procriar. Podemos comer, beber, vestir roupas, cuidar da saúde e da higiene, buscar recursos ambientais, desenvolver tecnologias, produzir coisas, estudar, trabalhar, vender, comprar, se divertir, praticar esportes, andar, praticar atividades sexuais, tarefas religiosas e assim por diante. O ser humano não é uma estátua imóvel. É um ser que pensa e age.

 

Resumindo: na estrada da vida, temos necessidades. Para suprir nossas necessidades, temos desejos. Para atender os nossos desejos, agimos.

 

Atenção: muitos religiosos procuram fazer proselitismo, usando as nossas necessidades e os nossos desejos, nos prometendo soluções por meio de seus rituais e liturgias, praticados em seus templos, nos prometendo curas, prosperidades, sucesso no casamento, etc., etc... Temos que ficar atentos, pois, muitas vezes, acabamos ficando escravos do sistema religioso e nem sempre alcançamos o verdadeiro alvo. Muitos nos fazem acreditar que as soluções de nossos problemas, a saciedade de nossos desejos e o suprimento de nossas necessidades estão com eles. Dessa forma, muitas pessoas passam a tratar igrejas, pastores, templos, correntes, campanhas, liturgias, elementos místicos e outras coisas como se tudo isso fosse deus. Tornaram-se dependentes dessas coisas, pois se sentem impotentes sem elas. Além de tudo isso, muitos ainda vivem instigando falsas necessidades e estimulando novos desejos, tudo para atrair mais seguidores. Precisamos aprender que o poder maior desse Universo não é propriedade particular exclusiva de ninguém. Ele é de todos e está ao alcance de todos.

 

Continuaremos no próximo post.

 

Autor: Maralvestos Tovesmar. Este texto está disponível nos termos da licença CC BY-NC-ND. Pode ser copiado e distribuído, juntamente com essa informação final, mas não pode ser modificado e nem comercializado. Data: 2014. Veja outras mensagens em http://livresdosfardosreligiosos.blogspot.com.br



[1] Meio ambiente," Enciclopédia® Microsoft® Encarta. © 1993-1999 Microsoft Corporation.