Translate, traduzir

Ensino religioso

Livres dos Fardos Religiosos

 

Um dia, dois jovens saíram para passear numa densa floresta. Andaram numa trilha e se afastaram bastante do caminho principal, distraídos com a paisagem cheia de verde, flores, pássaros... Ficaram várias horas seguindo mata adentro.

 

 

image

Descrição: Perdidos. Data: Agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

O sol já declinava, quando entenderam que já era hora de voltar. Mas quando retornavam, perceberam que a trilha onde eles caminhavam se misturava com outras trilhas. “E agora? Qual é o caminho certo?” Seguiram pra lá e pra cá e não encontraram a estrada principal. Os últimos raios de luz se entrelaçavam entre as folhagens. Andaram mais um pouco, e a noite os cobriu com seu manto negro. Estavam perdidos. Não havia ninguém que pudesse lhes ensinar o caminho. Ficaram lá, perdidos na noite, até o dia seguinte, quando, depois de longas horas, apareceu uma pessoa que lhes orientou, mostrando o caminho correto.

 

Ensino religioso é a transmissão de instruções, explicações, esclarecimentos, informações ou conhecimentos que possam dar entendimentos para as pessoas e assim ajudá-las a seguirem o caminho divino.

 

Muitas pessoas deixam o caminho certo e se desviam para a direita ou para a esquerda, sem se importarem com as consequências. Perdem-se por causa da imprudência. Mas muitos se perdem por falta de conhecimento. O livro dos Provérbios fala algumas coisas interessantes sobre isso. Lá diz que os tolos, por falta de entendimento, morrem. (Provérbios 10.21.) [1] A pessoa que vive desviada do caminho do entendimento está caminhando para a morte. (Provérbios 21.16.) [2] Há caminhos que parecem certos, mas podem acabar levando para a morte. (Provérbios 16:25.) [3] “Bem-aventurado o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento.” (Provérbios 3:13, RC.) [4] “Deixai os insensatos, e vivei, e andai pelo caminho do entendimento.” (Provérbios 9:6, RC.) [5]

 

 

image

Desc.: Errar o alvo. Data: Agosto/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

O povo de Israel errou bastante. O profeta Isaias disse que o seu povo (o povo de Israel) seria levado cativo, por falta de entendimento. (Isaías 5:13.) [6] E disse para eles o seguinte: “O Senhor lhes dará o pão de dores e a água do sofrimento, mas não se esconderá de vocês. Ele é o seu mestre, e vocês o encontrarão quando quiserem. Se vocês se desviarem do caminho, indo para a direita ou para a esquerda, ouvirão a voz dele atrás de vocês, dizendo: ‘O caminho certo é este; andem nele.’” (Isaías 30:20-21, NTLH.) [7]

 

Jesus veio para nos ensinar o verdadeiro caminho da vida. Os evangelhos dizem que ele andou ensinando as pessoas em vários lugares. (Mateus 4:23 e 9:35.) [8] Jesus deixou de lado as tradições religiosas, os rituais sem sentido e tudo mais que não leva a lugar nenhum e mostrou para o mundo uma maneira nova para as pessoas buscarem a Deus. Ele ensinou verdades profundas que iluminam e que libertam as pessoas de seus erros e de suas pesadas cargas religiosas. Ele falou de paz, amor, perdão, justiça, bondade, fé, liberdade, vida... Por isso, ele disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida.” (João 14.6, RA, RC.) [9] Jesus, com os seus ensinos, é o caminho certo para aquele que se encontra perdido entre muitos caminhos, na escuridão da vida.

 

Muitas pessoas ficam bajulando Jesus o tempo todo, mas não fazem o que ele mandou. Muitos estão dentro de uma igreja ou organização cristã e estão pensando que, por estarem cultuando Jesus, estão no caminho certo. Mas não é bem assim. Jesus, com os seus ensinos, é o caminho. Ficar cultuando o seu nome, deixando de lado os seus ensinos, não adianta nada. Por isso, ele alertou: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.” (Mateus 7:21, RA, RC.) [10] “E por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu digo?” (Lucas 6:46, RC.) [11] Portanto, para não ficarmos perdidos, precisamos seguir as instruções dadas por Jesus. Não adianta ficar dentro de uma igreja institucionalizada, realizando rituais diversos, proclamando o seu nome, mas não seguindo as suas orientações. Por isso, ele disse para os seus discípulos que já estavam bem instruídos: Ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-as a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado.” (Mateus 28.19-20, RC. Grifo meu.) [12]

 

Lendo as cartas apostólicas, podemos ver como os seus discípulos se preocuparam em ensinar aos outros tudo que Cristo ensinou para eles. Em pequenos grupos, os primeiros cristãos viviam uns pelos outros sem nenhum culto solene, compartilhando a vida cristã, tudo de maneira informal. Suas reuniões eram simples e contavam com a participação de todos. Não eram ambientes litúrgicos, onde as pessoas ficavam passivas, ouvindo um pregador ensinando, exortando, animando e realizando rituais o tempo inteiro, como acontece nas missas e cultos protestantes e evangélicos. Paulo deu diversos conselhos para que sempre houvesse um ambiente fraterno e participativo. Eles tinham a liberdade para instruir (ensinar), aconselhar (admoestar) uns aos outros. Também podiam animar uns aos outros com salmos, hinos e canções espirituais. Observe as palavras dele:

 

·       “Portanto, meus irmãos, o que é que deve ser feito? Quando vocês se reúnem na igreja, um irmão tem um hino para cantar; outro, alguma coisa para ensinar; outro, uma revelação de Deus; outro, uma mensagem em línguas estranhas; e ainda outro, a interpretação dessa mensagem. Que tudo seja feito para o crescimento espiritual da igreja.” (1 Coríntios 14:26, NTLH.) [13]  

·       “Ensinem e instruam uns aos outros com toda a sabedoria. Cantem salmos, hinos e canções espirituais; louvem a Deus, com gratidão no coração.” (Colossenses 3.16b, NTLH.) [14]

·       “Animem uns aos outros com salmos, hinos e canções espirituais. Cantem, de todo o coração, hinos e salmos ao Senhor.” (Efésios 5:19, NTLH.) [15]

·       “Portanto, animem e ajudem uns aos outros, como vocês têm feito até agora.” (1 Tessalonicenses 5:11, NTLH.) [16]

·       “Pedimos a vocês, irmãos, que aconselhem com firmeza os preguiçosos, dêem coragem aos tímidos, ajudem os fracos na fé e tenham paciência com todos. Tomem cuidado para que ninguém pague o mal com o mal. Pelo contrário, procurem em todas as ocasiões fazer o bem uns aos outros e também aos que não são irmãos na fé.” (1 Tessalonicenses 5:14-15, NTLH.) [17]

 

Mas com o tempo, o cristianismo se deteriorou. Muitos líderes deixaram de ensinar o que Cristo ensinou e resolveram voltar para Velho Testamento e para as velhas religiões pagãs; arrumaram novas crenças, novas rituais, novas doutrinas. Resolveram incrementar o simplicidade do evangelho original e acabaram afastando as pessoas do verdadeiro caminho da vida eterna. As nações cristãs mergulharam na religiosidade popular cheia de crendices, A paz, o amor, o perdão, a justiça, a bondade, a fé, a liberdade, a vida, quase todas as verdadeiras instruções dadas por Jesus ficaram jogadas num canto. Muitos pastores resolveram engambelar multidões com misticismos e práticas religiosas insignificantes. Dizem Senhor, Senhor o tempo todo, mas não ligam para o que Jesus realmente mostrou. Pregam o nome de Jesus, mas não ensinam a guardar todas as coisas que ele mandou. Por isso, o mundo ocidental, apesar de ser considerado cristão, está abarrotado de coisas erradas. Muitos estão perdidos sem saberem qual é o verdadeiro caminho que possa levá-los para perto de Deus.

 

Tudo que estamos ensinando em nossas mensagens são coisas do bem, baseadas nas orientações de Jesus. São instruções que fizeram com que ele se tornasse o caminho certo para o Pai.  Aprenda a seguir o caminho do bem e ensine para os outros tudo que você aprender.  Não estamos buscando membros para uma organização religiosa. Estamos simplesmente, através das nossas mensagens, mostrando o caminho certo para os que se sentem perdidos.

 

Quem sabe você se distraiu com as coisas belas desse mundo, se afastou demais e agora está perdido na escuridão, entre muitos caminhos incertos? Mas estamos aqui para dar as orientações para você aprender a andar no caminho da vida eterna com Deus. Não somos uma organização religiosa querendo dominá-lo ou transformá-lo num cliente. Apenas queremos mostrar para você o caminho do bem.

 

Autor: Maralvestos Tovesmar. Este texto (não o site inteiro) está disponível nos termos da licença CC BY-NC-ND. Pode ser copiado e distribuído, informando o autor e o link seguinte, mas não pode ser modificado e nem comercializado. Data: 2013. Veja outras mensagens em http://livresdosfardosreligiosos.blogspot.com.br