Translate, traduzir

Comportamentos familiares religiosos

Livres dos Fardos Religiosos

 

Será que todos os grandes personagens da Bíblia, em suas histórias, nos dão belos exemplos de vida? É bom vermos isso direito, pois nem tudo que se ouve por ai é verdade.

 

Ló, sobrinho do patriarca Abraão, tinha duas filhas. “Certo dia, a filha mais velha disse à mais nova: ‘O nosso pai já está ficando velho, e não há nenhum outro homem nesta região. Assim não podemos casar e ter filhos, como é costume em toda parte. Venha cá, vamos dar vinho a papai até que fique bêbado. Então nós nos deitaremos com ele e assim teremos filhos dele.’

 

Naquela mesma noite, elas deram vinho ao pai, e a filha mais velha teve relações com ele. Mas ele estava tão bêbado, que não percebeu nada. No dia seguinte, a filha mais velha disse à irmã: ‘Eu dormi ontem à noite com papai. Vamos embebedá-lo de novo hoje à noite, e você vai dormir com ele. Assim, nós duas teremos filhos com ele e conservaremos a sua descendência.’

 

Nessa noite tornaram a dar vinho ao pai, e a filha mais nova teve relações com ele. De novo ele estava tão bêbado, que não percebeu nada. Assim, as duas filhas de Ló ficaram grávidas do próprio pai.” A mais velha teve um filho, que recebeu o nome de Moabe, que foi pai dos moabitas. A mais nova também teve um filho que foi denominado de Ben-Ami, que foi pai dos amonitas. Dessa forma, Ló foi, ao mesmo tempo, pai e avô de Moabe e Bem-Ami. (Gênesis 19.31-38. O trecho entre aspas é da NTLH.).) [1] Moabitas e amonitas são dois povos bastante citados na Bíblia.

 

 

image

Descrição: Origem dos moabitas e dos amonitas, segundo a Bíblia. Data: agosto/2013. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

 

Comportamentos familiares religiosos são as condutas ou procedimentos de certas famílias religiosas. A Bíblia nos mostra o péssimo exemplo das famílias de alguns grandes personagens mais conhecidos, como o de Ló, que acabamos de ver. Vamos ver outros exemplos:

 

·        Na família de Adão e Eva, Caim, enciumado por questões religiosas, matou seu irmão Abel. (Gênesis 4.1-8.) [2]

·        Noé, apesar de ser aquele homem exemplar salvo do dilúvio, ficou bêbado e nu perto da sua família. (Gênesis 9.20-21.) [3]

·        O fervoroso Abraão deixou sua esposa nas mãos de Faraó no Egito e depois nas mãos do rei Abimeleque de Gerar. Ele fez isso porque ela era muito bonita e queria obter vantagens por meio dela. (Gênesis 12:12-19; 20:1-18.) [4]

·        E quem era a bela esposa desse homem de fé? Era a sua irmã Sara. Ambos eram filhos do mesmo pai, não da mesma mãe. (Gênesis 20.12.) [5]

·        Abraão manteve relação sexual com uma escrava, em seu lar, e com ela teve o seu filho Ismael. (Gênesis 16.2-4.) [6]

·        Abraão mandou sua escrava embora com seu filho Ismael, apenas com pão e água, acreditando ser uma ordem de Deus. (Gênesis 21.14.) [7]

·        Abraão ameaçou sacrificar seu filho Isaque, acreditando que estava fazendo a vontade de Deus. (Gênesis 22:1-12.) [8]

·        Isaque seguiu o exemplo do seu pai Abraão. Foi para a terra de Gerar e disse para os homens de lá que sua esposa Rebeca era sua irmã. (Gênesis 26:6-14.) [9]

·        Isaque e Rebeca tiveram filhos gêmeos: Jacó e Esaú. Isaque amava a Esaú, porque comia da sua caça (amor interesseiro). Mas Rebeca amava a Jacó. Era uma família dividida. (Gênesis 25.21-28.) [10]

·        Jacó e a sua mãe Rebeca enganaram o velho Isaque. (Gênesis 27:1-29.) [11]

·        Isaque abençoou o seu filho Jacó e amaldiçoou o seu filho Esaú. (Gênesis 27.26-40.) [12]

·        Jacó e Esaú se tornaram inimigos, e Jacó teve que fugir depois de ser ameaçado de morte pelo irmão. (Gênesis 27.41-45.) [13]

·        Jacó, seguindo o péssimo exemplo de seus pais, amava mais a José do que a todos os seus filhos. (Gênesis 37.3.) [14]

·        Por esse motivo, os seus outros filhos ficaram com ódio de José. (Gênesis 37.4.) [15]

·        José foi lançado num poço pelos seus irmãos. (Gênesis 37.23-24.) [16]

·        Depois eles o venderam como escravo. (Gênesis 37.28.) [17]

·        Em seguida, enganaram o seu pai Jacó, enviando, para ele, a túnica de José manchada de sangue de cabrito como se ele tivesse sido devorado por uma fera. Filho de peixe é peixinho. Se Jacó enganara o seu pai Isaque, agora ele era enganado pelos seus filhos. (Gênesis 37.31-35.) [18]

·        Gideão, um juiz, segundo o livro dos Juízes, escolhido de Deus, bastante citado por muitos pregadores, tinha muitas mulheres. (Juízes 8.30.) [19]

·        Abimeleque, filho de Gideão, reuniu um grupo de homens de má índole e mataram seus setenta irmãos. (Juízes 9.4-5.) [20]

·        Jefté, outro juiz, foi expulso de casa pelos seus irmãos. (Juízes 11.2.) [21]

·        Ele fugiu deles e, com ele, se juntaram alguns homens levianos. (Juizes 11.3.) [22]

·        E para ganhar a batalha contra os amonitas, fez um voto tolo de oferecer a Deus, queimando em sacrifício, a primeira pessoa da sua casa que saísse ao seu encontro quando voltasse da guerra, vitorioso. (Juizes 11.29-31.) [23]

·        Quando voltou, sua única filha veio ao seu encontro, e ela foi oferecida em sacrifício. (Juizes 11.34-40.) [24]

·        Elcana, pai do profeta Samuel, tinha duas mulheres rivais em sua casa. (I Samuel 1.1-4.) [25]

·        Os filhos do sacerdote Eli eram homens ímpios. (I Samuel 2.12.) [26]

·        Esses filhos de Eli estavam tendo relações com as mulheres que trabalhavam na entrada da Tenda Sagrada. (I Samuel 2.22.) [27]

·        Saul, o primeiro rei de Israel, quis matar o seu filho Jônatas por causa de um juramento tolo. (I Samuel 14.24-45.) [28]

·        Davi conseguiu a filha de Saul como mulher matando 200 homens e retirando de cada um deles o prepúcio para cumprir um acordo com Saul. (I Samuel 18.25-27.) [29]

·        Saul mandou seu filho Jônatas matar seu amigo Davi. (I Samuel 19.1.) [30]

·        Saul quis matar seu genro Davi. (I Samuel 19.10.) [31]

·        Davi amaldiçoou uma família inteira com fluxo de sangue, lepra, deficientes com muletas, mortes por espada e fome. (II Samuel 3.29.) [32]

·        Em Jerusalém, Davi arrumou para si mais mulheres. (II Samuel 5.13.) [33]

·        Davi, que já tinha algumas mulheres no seu harém, mandou sequestar uma mulher casada com quem cometeu um adultério através de um possível estupro, possivelmente dentro do seu palácio. Em seguida armou um plano para matar seu marido. Depois que ele morreu, buscou a mulher para si definitivamente. (II Samuel, capítulo 11 e 12.) [34]

·        Davi colocou dez concubinas presas numa casa vigiada como se fossem bandidas. (II Samuel 20.3.) [35]

·        Depois de velho, arrumou uma donzela para lhe aquecer, deitada ao seu lado. (I Reis 1.1-4.) [36]

·        Já quase na hora da sua morte, ele deu instruções para que seu filho Salomão cometesse dois assassinatos. (I Reis 2.1-9.) [37]

·        A família desse famoso rei era uma bagunça. Amnom, filho de Davi, se apaixonou pela sua irmã Tamar. (II Samuel 13.1.) [38]

·        Ele a estuprou e depois a expulsou. (II Samuel 13.2-20.) [39]

·        Absalão, outro filho de Davi, mandou seus servos matarem o seu irmão Amnom à traição. (II Samuel 13.21-29.) [40]

·        Absalão faz uma conspiração contra seu pai Davi,. (II Samuel 15.) [41]

·        Ele manteve relações sexuais com as concubinas de seu pai no terraço do palácio, à vista de uma multidão que o apoiava na conspiração. (II Samuel 16.22.) [42]

·        Salomão, filho de Davi, mandou assassinar o seu irmão Adonias. (I Reis 2.24-25.) [43]

·        Ele teve (inacreditável!) 700 mulheres e 300 concubinas. Como a Bíblia costuma arredondar os números, pode ter sido até mais um pouco. (I Reis 11.1-8.) [44]

·        O rei Acaz de Judá ofereceu o seu filho em sacrifício queimado-o aos ídolos. (II Reis 16.2-3.) [45]

·        O rei Manassés de Judá queimou seus filhos em sacrifício,. (II Crônicas 33.5-6.) [46]

·        O sacerdote Esdras decidiu que os hebreus que tinham mulheres estrangeiras deviam mandá-las embora. E foi o que aconteceu. Os que estavam nessa situação despediram das mulheres e dos filhos. (Esdras 10.) [47] Sem amor, simplesmente teriam dito: “’good-bye’” pessoal. O nosso sacerdote quer que vocês se mandem daqui.” Essa foi mais uma das loucuras religiosas que jamais devemos retirar do Velho Testamento.

 

Não devemos nos espelhar em nenhuma dessas famílias. Você teve ter ficado escandalizado com as coisas que acabou de ver. Mas não estou inventado nada. Ninguém precisa ficar magoado comigo. Está tudo lá, no Antigo Testamento. Muitos absurdos, alguns, inclusive, em nome de Deus. São apenas alguns exemplos. Há muito mais coisas horríveis envolvendo família e sexo. Não é à toa que Jesus teve que trazer ao mundo uma nova mensagem contra todo tipo de erros.

 

Muitos pregadores dizem que a Bíblia é o livro da família, nos dando a impressão de que encontraremos nela belos exemplos de famílias bem estruturadas. Mas não é bem assim. O evangelho de Jesus e os escritos apostólicos, lidos com bom senso, são muitos bons para todos. Todavia, o Antigo Testamento nos apresenta pessoas bastante religiosas, mas que deram um péssimo exemplo de vida para qualquer sociedade. Ali as famílias poderão encontrar muitas coisas boas. No entanto, o que é bom está misturado com muitas coisas ruins. Dessa forma, quem não sabe separar o joio do trigo poderá se contaminar com muitos maus comportamentos de famílias de pessoas considerandas santas. Muitos, sem entendimento, poderão imitar os mesmos absurdos praticados nas famílias dos velhos homens da Bíblia.

 

Leia a Bíblia, mas com muita sabedoria. Você vai perceber que muitos comportamentos precisam ser descartados. Jamais poderão ser imitados. Outra coisa: não escute qualquer pregador. Muitos montam seus sermões segundo os seus desejos, e acabam escondendo muitas coisas do povo. Sejamos sensatos ao ler e ouvir coisas sobre a Bíblia. Nem tudo é exatamente como andam dizendo por ai. Ler esse livro sagrado é como buscar tesouros em profundas cavernas cheias de armadilhas. Fique atento! Muitas pessoas estão tentando nos embriagar com o velho vinho para que, com elas, geremos filhos para as suas organizações religiosas. Cuidado com as artimanhas daqueles que querem levar vantagens. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

 

Autor: Maralvestos Tovesmar. Este texto (não o site inteiro) está disponível nos termos da licença CC BY-NC-ND. Pode ser copiado e distribuído, informando o autor e o link seguinte, mas não pode ser modificado e nem comercializado. Data: 2013. Veja outras mensagens em http://livresdosfardosreligiosos.blogspot.com.br