Igreja livre

Livres dos Fardos Religiosos.

 

Já vi muitas pessoas dizendo que são cristãs ou evangélicas e outros perguntando: “Quem é o seu pastor?” “Qual é a sua igreja?” “Você faz parte de qual igreja?” Perguntas como essa não precisariam ser feitas.

 

 

image

Desc.: Qual é a sua igreja? Data: Maio/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.  

Hoje em dia, a palavra igreja tem diversos significados. Quando alguém diz essa palavra, as pessoas, muitas vezes, imaginam um templo ou uma organização religiosa. Mas o sentido original dessa palavra é outro. O termo igreja vem da palavra grega enkklesía e do latim ecclesia e significa, do ponto de vista cristão, um grupo de seguidores dos ensinos de Jesus. [1], [2]. Por isso, qualquer coisa relacionada com esse termo pode ser qualificada como eclesial.

 

Como já disse noutra mensagem, podemos dizer que o coletivo de discípulos de Cristo é igreja. Sendo assim, dois ou mais discípulos = igreja, não importa quantos, onde e quando. Igreja não é exatamente um templo ou uma instituição religiosa, mas o conjunto de todos aqueles que seguem os verdadeiros ensinos de Jesus em qualquer lugar do mundo, dentro ou fora das organizações cristãs. É claro que, dentro de um templo ou de uma instituição, certamente temos a igreja como um conjunto de pessoas cristãs. Mas nem todos que estão lá são exatamente igreja, porque nem todos seguem o que Cristo realmente ensinou.

 

Em nenhum lugar, das mais de setenta vezes em que aparece no Novo Testamento, essa palavra tem o significado de igreja como uma instituição ou templo. A igreja que a Bíblia se refere é o ajuntamento de dois, três, quatro ou mais discípulos de Cristo em qualquer lugar, independente de qualquer outra coisa. Jesus disse: “Porque onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” (Mateus 28.20, RC.) [3]. Qualquer outro significado surgiu ao longo da história e não tem nenhuma ligação com a idéia original. Portanto, você se torna membro da igreja a partir do momento em que resolve seguir o que Cristo ensinou, estando dentro ou fora das instituições ou dos templos.

 

 

clip_image004

Descrição: Jesus mostrou, nas suas idas e vindas, como ser uma igreja livre. Data: 1984. Autor: Jim Padgett. Fonte. Licença CC BY-SA.

Duas, três, quatro ou mais pessoas, sentados num banco de uma praça, no ônibus, no metrô, no avião, ao redor de uma mesa ou em qualquer outro ambiente, independente de rituais e liturgias, mas apenas compartilhando aquilo que seja útil para edificar uns aos outros é uma igreja livre. É o evangelho sendo praticado em qualquer lugar, independente de horário e endereço. Esse é o tipo de igreja comum no Novo Testamento. Jesus, andando de casa em casa, nas praias, pelas ruas e estradas, indo ao pátio do templo, nas sinagogas, pregando o evangelho do reino de Deus, sempre estava rodeado de pessoas. Alguns eram perseguidores. Outros, interesseiros, querendo apenas a cura. Mas muitos eram verdadeiros discípulos. O conjunto desses discípulos era a igreja livre, sem endereço e sem nenhuma agenda determinada, andando ou parados em algum lugar.

 

Mas o que é uma igreja livre? Não é uma teocracia, nem uma religião estatal, nem uma organização religiosa, tampouco uma comunidade fechada ou um templo. A igreja livre não possui uma hierarquia de líderes vestindo roupas diferentes, cheios de títulos honoríficos, impondo preceitos, leis, dogmas, credos doutrinários, liturgias, sacrifícios e outros rituais; não é um ambiente carregado de formalidades ou cerimônias; não possui cadastros, votos e outros compromissos com homens. Ela é o conjunto de todos aqueles que decidiram seguir o que Jesus Cristo realmente ensinou, em qualquer lugar, procurando defender sempre o bem, condenando o mal e proporcionando as mesmas chances de liberdade para todos, sem interferências ou barreiras impostas pelos homens sedentos de poder, glórias e riquezas.

 

A igreja, incluindo todos os cristãos de todos os lugares, de forma figurada, é o corpo de Jesus Cristo. (Colossenses 1.24.) [4] “Porque assim como num só corpo temos muitos membros, mas nem todos os membros têm a mesma função, assim também nós, conquanto muitos, somos um só corpo em Cristo e membros uns dos outros.” (Romanos 12:4-5, RA.) [5]. “Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo. Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito.” (I Coríntios 12.12-13.) [6]. “Pois bem, vocês são o corpo de Cristo, e cada um é uma parte desse corpo.” (1 Coríntios 12:27, NTLH.) [7]. Cada é um membro com uma função, mas somente Cristo é a cabeça desse corpo. (Efésios 1:22, Colossenses 1:18.) [8]. “Pelo contrário, falando a verdade com espírito de amor, cresçamos em tudo até alcançarmos a altura espiritual de Cristo, que é a cabeça. É ele quem faz com que o corpo todo fique bem ajustado e todas as partes fiquem ligadas entre si por meio da união de todas elas. E, assim, cada parte funciona bem, e o corpo todo cresce e se desenvolve por meio do amor.” (Efésios 4.15-16, NTLH.) [9]. Pelo mundo afora, há milhares de templos e organizações chamadas de igrejas. Mas igreja de Cristo só existe uma, e ela não tem nenhuma sede e nenhum presidente mundial. Ela é como um corpo, tendo como cabeça apenas Jesus Cristo. (Efésios 1:22; Efésios 3:10,21; 5:23-32; Colossenses 1:18, 24) [10].

 

Como seguidores dos ensinos de Jesus, somos um povo livre. Ele, lendo o livro do profeta Isaías, disse: “O Senhor me deu o seu Espírito. Ele me escolheu para levar boas notícias aos pobres e me enviou para anunciar a liberdade aos presos, dar vista aos cegos, libertar os que estão sendo oprimidos e anunciar que chegou o tempo em que o Senhor salvará o seu povo.” (Lucas 4.16-19; Isaías 61.1-2, NTLH.) [11], [12]. Noutra ocasião ele falou: “Se vocês continuarem a obedecer aos meus ensinamentos, serão, de fato, meus discípulos e conhecerão a verdade, e a verdade os libertará. Quem peca é escravo do pecado. Se o Filho os libertar, vocês serão, de fato, livres.” (João 8.31-36, NTLH.) [13]. Disse ainda: “Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso. Sejam meus seguidores e aprendam comigo porque sou bondoso e tenho um coração humilde; e vocês encontrarão descanso. Os deveres que eu exijo de vocês são fáceis, e a carga que eu ponho sobre vocês é leve. (Mateus 11.28-30, NTLH.) [14]. Para ele, entre os seus seguidores, ninguém está acima de ninguém. Quando Tiago e João, os dois filhos de Zebedeu, membros do grupo dos doze apóstolos, pediram a Jesus duas posições privilegiadas, ele respondeu, entre outras palavras: “Como vocês sabem, os governadores dos povos pagãos têm autoridade sobre eles e mandam neles. Mas entre vocês não pode ser assim. Pelo contrário, quem quiser ser importante, que sirva os outros, e quem quiser ser o primeiro, que seja o escravo de todos.” (Marcos 10.35-44, NTLH. [15]. Ver também Mateus 20.25-27.) [16].

 

Certo dia, Jesus disse para o apóstolo Pedro: “Pois também eu te digo que tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.” (Mateus 16:18, RC.) [17]. Ao contrário do que os católicos imaginam, ele não estava colocando Pedro como cabeça da Igreja. Isso estaria contradizendo o que foi dito sobre a igualdade entre todos. É claro também que ele não estava falando de um templo ou de uma organização religiosa da qual Pedro se tornaria o chefe máximo. Ele se referia ao grupo de seguidores do seu evangelho, que seria edificado sobre os ensinamentos dos apóstolos, do qual Pedro fazia parte, e ele próprio era a pedra principal. Por isso, Paulo, escrevendo aos cristãos de Éfeso, disse: “Vocês são como um edifício e estão construídos sobre o alicerce que os apóstolos e os profetas colocaram. E a pedra fundamental desse edifício é o próprio Cristo Jesus. Ele mantém o edifício todo bem firme e faz com que cresça como um templo dedicado ao Senhor. Assim vocês também, unidos com Cristo, estão sendo construídos, junto com os outros, para se tornarem uma casa onde Deus vive por meio do seu Espírito.” (Efésios 2.20-22, NTLH.) [18]. Observe que Paulo comparou a Igreja a um edifício, onde cada cristão é como um tijolo, formando uma espécie de templo, para a morada de Deus. É claro que ele não está falando sobre uma igreja-templo. Ele apenas usa a palavra templo no sentido figurado, sendo a base os profetas, os apóstolos e Cristo.

Os apóstolos continuaram com esse ideal de liberdade. Paulo escreveu: “Fostes comprados por bom preço; não vos façais servos dos homens.” (1 Coríntios 7:23, RC.) [19]. “Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade.” (2 Coríntios 3:17, RC.) [20].  “Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e não torneis a meter-vos debaixo do jugo da servidão.” (Gálatas 5:1, RC.) [21].

 

Muitos deixam de ser igreja quando, reunidos, passam a fazer o que Cristo condenou, em vez de fazer o que ele mandou. Dessa forma, quando cristãos se reúnem para fazer fofocas ou para tratar de assuntos que não edificam, perdem a graça de ser igreja de Cristo. Muitos cristãos modernos passaram a viver o evangelho apenas dentro de quatro paredes dos templo. Alguns nem isso. No dia a dia, noutros lugares, mesmo estando juntos, muitos são como qualquer pessoa, sem nenhum comportamento digno do verdadeiro evangelho. Isso é lamentável.

 

Siga os ensinos de Jesus e não se preocupe com os sistemas religiosos. Automaticamente você se tornará amigo daqueles que também seguem o que Cristo ensinou e, de alguma forma, se unirá a eles. Não estamos falando de uma união formal, mas de contatos espontâneos, gerados pelo amor e pela amizade que todo cristão deve ter. Isso é ser igreja livre. É isso que estamos anunciando para todos. Faça um compromisso de mudança de vida com Deus e consigo mesmo. Não faça compromissos com homens ou com qualquer instituição. Você será feliz ao escolher o bom caminho. Não serei seu líder, mas apenas alguém interessado em lhe ajudar com mensagens de liberdade, vida, paz, amor e solidariedade. Junte-se a nós e seja membro da igreja livre, que não é mais uma igreja institucionalizada, mas a proposta original de Jesus Cristo. Você não precisa fazer nenhum cadastro. Não é necessário nos enviar nenhum dinheiro. É um presente para todos nós.

 

Autor: Maralvestos Tovesmar. Este texto (não o site inteiro) está disponível nos termos da licença CC BY-NC-ND. Pode ser copiado e distribuído, informando o autor e o link seguinte, mas não pode ser modificado e nem comercializado. Data: 2013. Veja outras mensagens em http://livresdosfardosreligiosos.blogspot.com.br